Aplicação do Data Science ou (Ciência de Dados) nas empresas

Não importa o segmento de atuação da sua companhia, a Ciência de Dados é fundamental para potencializar o desempenho do seu negócio como um todo. O Data Science pode contribuir com decisões para o Marketing, Vendas, RH ou qualquer outra área da companhia.

Dentro de um cenário de alta competitividade pela atenção dos consumidores e a transformação digital em alta, é fundamental utilizar as técnicas mais inovadoras para conseguir aprimorar seu negócio. Em uma sociedade conectada, isso passa diretamente pelo aproveitamento de dados relevantes — e é nesse momento que entra o Data Science ou Ciência de Dados.

Da mesma forma que existe o estudo da computação, ou mesmo, da política, a ciência de dados tem como objetivo trazer mais luz para um assunto em alta. Afinal, as informações são geradas com cada vez mais velocidade e se tornam importantes para as empresas que desejam se destacar. Sem o devido cuidado, as chances de sucesso são reduzidas.

Seja para aumentar a produtividade da equipe, seja para realizar a automação de Marketing, o conceito de Data Science é fundamental para o seu negócio. Por isso, vamos falar sobre os seguintes tópicos, neste artigo:

  • O que é Ciência de Dados (Data Science)?
  • Quais são os tipos de análise possíveis?
  • Quais são os benefícios de aplicar a Ciência de Dados?
  • Quais são as possíveis aplicações desse conceito?

Então, o que realmente significa essa metodologia e qual a sua importância? Para ajudar você a tirar essas dúvidas, preparamos um artigo completo sobre o tema. Continue a leitura e confira!

O que é Ciência de Dados (Data Science)?

Antes de nos aprofundarmos nas aplicações da Ciência de Dados em sua empresa, é preciso compreender o conceito inicial. O Data Science representa diferentes campos de trabalho que têm o objetivo de transformar uma grande base de dados complexos em informações significativas para um negócio. Em resumo, portanto, trata-se da aplicação da metodologia de orientação por dados.

A tradução livre para o português explica com mais clareza: Ciência de Dados. Ou seja, representa variadas funções, metodologias e estratégias que contribuem para o uso inteligente de dados nas operações e processos de organizações de diferentes setores. O conceito pode ser aplicado com os mais diversos propósitos.

Esse é um conceito que busca unificar o uso de dados, estatísticas e outros métodos de áreas como Matemática e Ciência da Computação para compreender com maior precisão diferentes situações do dia a dia de uma organização, por exemplo. Abrange desde o uso de máquinas mais eficientes até a busca por maior precisão nas estratégias de comunicação.

Em resumo, o Data Science é um campo multidisciplinar que visa a extrair insights e conhecimento de dados gerados ou armazenados por uma empresa. Tópicos como mineração de dados, Machine Learning e Big Data fazem parte do universo de quem trabalha na área. O objetivo é transformar informações em decisões.

Quais são os tipos de análise possíveis?

Como falamos, a Ciência de Dados é um conceito multidisciplinar, mas algumas metodologias se destacam. Listamos, então, as principais análises que podem ser realizadas a partir do Data Science.

Análise descritiva

Um dos conceitos mais relevantes por trás do Data Science é a análise descritiva, que busca encontrar certos comportamentos regulares dentro de uma operação, por exemplo. O objetivo é, a partir da descoberta desses padrões, conseguir classificá-los, analisá-los e, por fim, entender o que é preciso para que eles se tornem mais eficientes.

Análise diagnóstica

Já a análise diagnóstica tem o objetivo de identificar e avaliar o impacto e os benefícios de uma ação ou estratégia. Ou seja, entender mais sobre o desempenho do que está sendo realizado. Consequentemente, fica mais fácil identificar o que precisa ser aprimorado.

Análise preditiva

Outro componente importante do conceito de Data Science é a análise preditiva. Na prática, representa o uso de dados e informações para prever o que pode acontecer.

Calma, não se trata de adivinhação, mas sim, de um trabalho feito com embasamento técnico a partir da análise de dados para identificar tendências e necessidades que vão surgir.

Análise prescritiva

A partir do reconhecimento de padrões, entra a etapa de solução e otimização do que foi identificado anteriormente. Começa, assim, a análise prescritiva, que busca avaliar o que foi coletado para prescrever ações, estratégias e caminhos que permitam, por exemplo, conseguir melhores resultados ou aproveitar melhor os recursos disponíveis.

Quais são os benefícios de aplicar a Ciência de Dados?

Você já sabe o que é Data Science e a sua aplicação, mas como esse conceito pode ser tão relevante para o dia a dia da sua organização?

Retém e encanta clientes

O principal benefício da aplicação do Data Science é, justamente, com o cliente final, já que ele contribui diretamente para reter e encantar os consumidores que se relacionam com a sua empresa. E como isso pode ser feito?

De forma mais básica, é importante entender quais são as preferências de produtos e, assim, enviar newsletters personalizadas. Também é interessante buscar padrões e comportamentos para aprimorar seu produto ou serviço entregue.

Dentro de uma cultura de aprendizado, por exemplo, os dados têm um papel fundamental, já que fornecem os recursos necessários para análises mais completas e precisas, que se transformam em ações e estratégias eficientes.

Auxilia a personalização de produtos

Em um momento de muita competição no mercado, conseguir customizar a experiência dos clientes com sua marca pode ser um diferencial. Afinal, os consumidores estão mais exigentes e não querem apenas mais do mesmo. Focar a sua estratégia de diferenciação no preço mais baixo, por exemplo, já não é o suficiente para ter sucesso.

Sendo assim, é necessário investir na personalização de produtos e serviços. A melhor forma de se fazer isso? Com insights relevantes, por exemplo, sobre o que o cliente busca ao fazer pesquisas sobre o seu segmento de atuação. Aos poucos, você vai refinando o que é entregue ao consumidor, garantindo que ele preste mais atenção na sua marca.

A personalização, porém, não precisa se limitar aos produtos e serviços, pode ser pensada com a ajuda do Data Science para toda a experiência do consumidor em sua jornada. Engloba desde a definição de layouts e design das suas páginas e. até mesmo. os canais em que a sua empresa deve estar presente para se comunicar com a audiência.

Ajuda a prever as demandas da empresa

Partindo para uma visão interna, o Data Science também contribui para a otimização de processos, como a previsão de demandas da sua empresa. A partir do conceito de reconhecimento de padrões, torna-se possível identificar certas tendências da sua organização.

Melhora as ações de marketing

O Data Science também tem importância para otimizar os resultados do trabalho de comunicação. Afinal, identificar e reconhecer padrões de comportamento não é útil apenas para otimizar o produto final entregue ao consumidor. Mais do que isso, os insights gerados por esse trabalho podem ser valiosos para as ações de Marketing Digital.

Isso pode ser utilizado para identificar as palavras-chave que vão gerar um melhor rankeamento nos mecanismos de busca e, assim, aumentar o tráfego orgânico das suas páginas. Também serve para identificar a forma e o tom de voz mais eficientes para se comunicar nas redes sociais e gerar o engajamento esperado dentro dessas plataformas.

Mais do que isso, o Data Science contribui para que sua equipe de Marketing consiga um ROI (Retorno sobre o Investimento) muito maior. A precisão vai permitir que as ações adotadas se tornem mais eficientes, gerando melhores resultados, com menos recursos aplicados. Esse desempenho acaba impactando positivamente algumas áreas, como a de vendas.

Favorece o desempenho financeiro

Todos os benefícios listados acabam direcionando para outro ponto positivo: o melhor desempenho financeiro da organização como um todo. Para começar, todos os investimentos realizados se tornam mais precisos, evitando, por exemplo, desperdícios muito significativos nas estratégias adotada, ou mesmo, nas operações do dia a dia.

O exemplo acima mostra como é possível fazer mais com menos recursos dentro do Marketing. O mesmo será válido para outras áreas da companhia, como a criação de produtos e serviços, mas também, na gestão de pessoas.

Avaliar a produtividade, por exemplo, se tornará uma tarefa muito mais simples de ser executada — ou, até mesmo, identificar quais são os talentos mais necessários para suprir as necessidades de uma equipe. Enfim, o Data Science contribui diretamente para a utilização mais inteligente e precisa dos recursos financeiros de uma organização.

Quais são as possíveis aplicações desse conceito?

Mas, na prática, como a Ciência de Dados é aplicada na sua empresa? Confira!

Sistemas de recomendação

A Ciência de Dados é muito eficiente para quem deseja criar sistemas de recomendação. O próprio Netflix aproveita muito bem esse recurso para sugerir filmes e séries de maneira personalizada. Já percebeu que cada conta tem maior destaque para diferentes títulos? Tem a ver com a aplicação do conceito de Data Science.

Data Fabric

O Data Fabric é capaz de centralizar todas as informações e dados de uma companhia para que a empresa consiga atualizá-los e utilizá-los de forma sincronizada. É muito importante para se adequar à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), ou mesmo, para potencializar as suas ações de Marketing.

Nuvem distribuída

A nuvem distribuída se trata da descentralização das estruturas de nuvem utilizadas por uma organização. Ou seja, em vez de utilizar um único servidor, é possível distribuir as suas informações para variados fornecedores da tecnologia.

Natural Language Processing

O próximo passo para a evolução da Inteligência Artificial é o Natural Language Processing, que se trata da capacitação dos sistemas para compreender conteúdos de texto e som, assim como nós, humanos, fazemos.

Blockchain

O Blockchain é uma corrente de blocos com dados e códigos gerados de forma online. Sua principal aplicação é para aumentar a transparência e a segurança de qualquer tipo de transição. Sua empresa pode se organizar de modo a respeitar a privacidade de todas aquelas informações.

Previsão de geração de leads e de vendas

A Ciência de Dados também pode ser muito utilizada para fazer uma previsão mais precisa de geração de leads e para um maior controle de vendas. Assim como o Google Analytics pode contribuir com essas informações, esse conceito garante que tudo seja feito de forma ainda mais precisa e completa, sem perder nada.

O conceito de Data Science, repetimos, é fundamental para quem deseja se destacar em um cenário de alta competitividade. Sem uma aplicação profunda das suas práticas, a tendência é que o seu negócio fique para trás em relação aos concorrentes. A partir da análise e do uso de dados, as chances de sucesso para a sua empresa são potencializadas.

A Ciência de Dados tem inúmeras aplicações e pode abrir uma série de oportunidades para que o seu negócio se estabeleça em um mercado tão concorrido. O que acha, então, de aprender como usar os dados de conteúdo interativo para aprimorar sua automação de marketing?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Whatsapp
Vamos conversar?
Olá,
Nossos consultores estão aguardando a sua dúvida!